Educação

Secretaria de Estado da Educação

Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Geração digital comemora a modernização do ensino público no Amapá

Por: Thiago Soeiro - 30/05/2017 - 08:39

Foto: Erich Macias

A geração Z, nascida no final dos 90 e início do ano 2000, não conheceu o mundo sem internet. Essa geração, que é a mesma dos estudantes que estão hoje em sala de aula, cresceu em meio a smartphones, redes sociais e outras tecnologias. Para atender as necessidades deste público, o Governo do Amapá disponibiliza uma plataforma multimídia com mais de 10 mil ferramentas interativas para serem usadas pelos estudantes no dia-a-dia, seja na escola ou em casa, no computador ou no celular.

Quarto Estado da região norte a aderir ao projeto Escola Digital, a plataforma educacional chega ao Amapá por iniciativa do governo, através de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação (Seed), Instituto Natura, Fundação Telefônica/Vivo e Instituto Inspirare.

A aluna do curso técnico em informática da Escola Estadual Ester da Silva Virgolino, Jaqueline Oliveira, 21 anos, que fez questão de ir ao lançamento do programa. “A educação do Amapá precisa dessa oportunidade, porque isso fará os nossos jovens serem cada vez mais qualificados, preparados para o mercado de trabalhando, somando seu aprendizado e otimizando seus conhecimentos”, destacou.

O aluno do 2º ano do Colégio Amapaense, Alex Farias, 16 anos, vê no projeto um auxílio no aprendizado e também flexibilidade para o estudo, de acordo com a rotina de cada um. “A nossa vida é corrida e a Escola Digital vai possibilitar que cada aluno estude a hora que for melhor no seu dia e no local onde estiver”.

O recurso é gratuito e oferece na sua plataforma vídeos, infográficos, animações e simuladores, além de atividades educativas, plano de aula e cursos a distância, voltado a gestores escolares e professores.

Para Rita Gonçalves, diretora da Escola Estadual Nilton Balieiro, o governo do Amapá trouxe na hora certa este projeto para o Estado. “Essa plataforma vem facilitar o processo de ensino aprendizagem, auxiliando o trabalho do professor. E com os avanços da expansão da banda larga a ferramenta vai ser preciosa para todos nós”, enfatiza a diretora.