Educação

Secretaria de Estado da Educação

Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Governo inaugura segunda escola no Conjunto Macapaba

Por: Caroline Mesquita - 13/03/2018 - 11:04

Foto: Marcelo Loureiro/Secom

O Governo do Amapá inaugurou nesta segunda-feira, 12, mais uma unidade de ensino no Conjunto Habitacional Macapaba, na Zona Norte da capital: a Escola Estadual Professor Antônio Munhoz Lopes, construída pela atual gestão e que vai atender os mais de 20 mil moradores da região. Na semana passada, o Executivo já havia entregue à comunidade outra escola e deve inaugurar uma creche ainda este ano, oferecendo, assim, todas as modalidades de ensino da educação básica.

A escola Professor Antônio Munhoz tem capacidade para atender 1,4 mil alunos, nos ensinos fundamental II e médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA), e inicia o calendário letivo na próxima terça-feira, 20. O prédio está totalmente climatizado com 20 centrais de ar condicionado, vigilância monitorada e funcionará nos turnos da manhã, tarde e noite.

O projeto arquitetônico da escola foi elaborado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), com investimento total de R$ 5 milhões do Tesouro Estadual, com R$ 520 mil aplicados em equipamentos pela Secretaria de Estado da Educação (Seed).

O governador do Amapá, Waldez Góes, destacou que as unidades escolares são alguns dos compromissos com os mais de 20 mil moradores do Conjunto Macapaba. Além da educação, serão instaladas unidades de saúde e há três projetos assinados para edificação de áreas para o Corpo de Bombeiros, Polícia militar e Delegacia de Polícia Civil. “Estamos trabalhando para ofertar todos os serviços públicos necessários para dar qualidade de vida e um ensino público digno para todos os moradores do Macapaba”, pontuou Góes.

A unidade possui 12 salas de aula; uma delas dedicada ao ensino especial com reforço escolar no contra turno, um laboratório de informática com 36 computadores, laboratório de ciências, biblioteca, sala para grêmio estudantil, amplo refeitório, quadra poliesportiva, entre outros ambientes, e contará com o apoio técnico de 55 professores e seis coordenadores pedagógicos.

Para a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, além de possuir uma infraestrutura e projeto arquitetônico modernos, a escola também possui um projeto político pedagógico que fortalece o protagonismo juvenil, com a sala destinada ao Grêmio Estudantil, que representa os estudantes da escola. "E a nossa gestão tem investido no protagonismo estudantil, ampliando o debate com a juventude, pois não se faz educação sem ouvir os estudantes. Essa é uma educação moderna e integrada que desenvolvemos aqui”, frisou a gestora.

Benefícios

Saber que além da acessibilidade arquitetônica, haverá também um espaço dedicado para atender alunos com necessidades especiais, é um alívio para a mãe Rosiane Vilhena Vales, de 38 anos. Seu filho Isaias Vilhena, 11 anos, vai estudar o 6º ano na escola Antônio Munhoz e receberá, no contra turno escolar, atendimento educacional especializado. “Meu filho é cadeirante e é muito bom ver que a escola está totalmente acessível para atendê-lo com rampas e banheiro adaptado. Além disso, o atendimento especializado é fundamental para ajudá-lo nesse processo de adaptação”, comentou a mãe.

A dona de casa Luzanira Lima da Gama, 45 anos, foi verificar a nova escola em que a filha Isabele Mayara, 13 anos, vai cursar o 7º ano. As duas mudaram-se há poucos meses para o conjunto e estão contentes com os benefícios que estão sendo entregues ao Macapaba. “Ganhamos nossa casa há pouco tempo. Minha filha estudava no bairro Laguinho e seria difícil acompanhar os estudos dela lá. Agora, temos escolas novas no nosso conjunto e muito bonitas. Aqui, posso participar e saber mais da rotina escolar da minha filha”, avaliou Luzanira.

Além de estudar disciplinas da base curricular comum, o estudante Lucas Santos Araújo, 16 anos, matriculado no 1º ano do ensino médio, terá a oportunidade de fazer o curso técnico de Teatro na escola, por meio do Mediotec. “Estou bastante entusiasmado com o início das aulas, pois vou estudar no meu bairro e começar o meu futuro, em um curso técnico que vai me permitir exercer a profissão de ator”, destacou o adolescente.

Antônio Munhoz

A segunda escola do conjunto Macapaba leva o nome do professor Antônio Munhoz, em homenagem a sua dedicação à arte e cultura no Estado do Amapá. O mestre Munhoz era paraense, mas dedicou sua vida em solo tucuju deixando sua contribuição na educação formando diversas gerações. Ele faleceu no dia 22 de maio de 2017, aos 85 anos de idade