Educação

Secretaria de Estado da Educação

Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Inscrições para os concursos ‘Paz nas Escolas’ encerram em 30 de maio

Por: Caroline Mesquita - 29/05/2018 - 09:18

Foto: Sem Autor da Midia

Estudantes da rede estadual têm até quarta-feira, 30, para entregarem o material dos concursos do Programa Paz nas Escolas, na instituição na qual está matriculado. As categorias ofertadas são de desenho, paródia e mascote. Todos devem abordar o tema “Sou da paz!”. A iniciativa é promovida pelo Governo do Amapá através da Secretaria de Estado da Educação (Seed).

O estudante deve produzir o material com a orientação de um professor. Então, cada escola fará um concurso interno e julgará o melhor trabalho que irá representá-la. A direção escolar deverá encaminhar o trabalho selecionado à Seed no dia 5 de junho, que escolherá um vencedor de cada categoria.

As escolas que já entregaram os produtos de desenho, paródia e mascote no prazo antigo podem optar em realizar um novo concurso interno e substituir o material, ou permanecer com os mesmos trabalhos. O novo cronograma e critérios de avaliação constam nos editais, disponíveis no site da Seed. O resultado dos concursos será divulgado no dia 12 de junho.

Os concursos visam despertar e incentivar nos estudantes a cultura da paz, por meio de práticas que reforcem o sentimento humanitário de tolerância e estimular, na escola e na sociedade em geral, um ambiente de respeito e paz, essenciais à convivência humana. O vencedor de cada categoria ganhará um tablet.

A premiação ocorrerá no Teatro das Bacabeiras e está prevista para acontecer no dia 15 de junho, durante o lançamento oficial do Programa Educação para a Paz “Epaz”. O projeto foi criado através da Lei nº 2.282/2017, de autoria da deputada Marilia Góes, que prevê a cultura de paz, prevenção da violência e a melhoria da convivência nas unidades educacionais, por meio de um conjunto articulado de ações.

O Epaz também visa reunir parcerias e cooperação técnica com agentes públicos e privados, assim como prevê a lei estadual, fomentando a paz e a tolerância no ambiente escolar, por meio do diálogo e de práticas educativas. O programa também está em consonância com a lei federal 13.663, de 14 de maio de 2018, que altera o artigo 12 da lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, para incluir a promoção de medidas de conscientização, de prevenção e de combate a todos os tipos de violência e a promoção da cultura de paz entre as incumbências dos estabelecimentos de ensino.

Desenho

Do concurso de desenho, podem participar estudantes do ensino fundamental (1º ao 5º ano) matriculados nas escolas estaduais. Serão avaliados os seguintes critérios: pertinência ao tema; vivacidade/traçado/colorido; originalidade/criatividade; impacto visual e apresentação.

Mascote

Para o concurso para a criação do desenho de mascote, podem participar os estudantes matriculados no ensino fundamental II (6º ao 9º ano, com idade de 10 a 14 anos), ensino médio regular e Educação de Jovens e Adultos (EJA). O estudante ou responsável legal deverá apresentar uma declaração de que a obra é de sua própria autoria. Serão avaliados os seguintes critérios: pertinência ao tema; criatividade; originalidade e linguagem visual.

Paródia

O concurso de paródia é direcionado aos estudantes do ensino fundamental (6º ao 9º ano) das escolas estaduais. Serão avaliados os critérios de pertinência ao tema como originalidade; criatividade; Música Popular Brasileira (MPB) e vocabulário da letra da paródia.

Gincana Solidária

Todas as escolas estaduais poderão participar da gincana solidária. O objetivo é arrecadar gêneros alimentícios não perecíveis, materiais de higiene pessoal, livros infantis, brinquedos e vestuários que serão entregues para instituições filantrópicas pelas comissões organizadoras de cada escola participante, sob a coordenação da Secretaria de Educação.

Cada escola deverá escolher uma instituição filantrópica e divulgar a gincana solidária nas salas de aula, nos meios de comunicação e nas redes sociais. A ação será divulgada e realizada no próprio colégio. Após essa primeira etapa, a direção do estabelecimento de ensino deverá entregar a arrecadação à Seed para avaliar e pontuar cada escola.

A unidade de ensino vencedora será premiada com um kit multimídia. A premiação e a entrega dos materiais arrecadados às entidades filantrópicas ocorrerão durante a solenidade de lançamento oficial do Programa Epaz.