Educação

Secretaria de Estado da Educação

Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Secretária Goreth apresenta a mestre e doutores da rede estadual avanços e desafios da Educação

Por: Caroline Mesquita - 20/02/2019 - 16:38

Foto: Erich Macias/Seed

Com o objetivo de engajar cada vez mais os profissionais da educação para planejamentos estratégicos que melhorem o ensino-aprendizagem dos estudantes amapaenses, a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, convidou mestres e doutores da rede estadual de ensino para um bate-papo aberto com foco na educação.

O encontro aconteceu nesta quarta-feira, 20, no auditório do Centro de Valorização da Educação (Cveduc), em Macapá. Na oportunidade, foi apresentado também aos profissionais o que foi avançado nesses últimos anos, nas áreas de apoio à gestão, políticas educacionais e gestão de pessoas.

Para Goreth Sousa, esse é o momento de união e defesa por uma só causa: a educação pública de qualidade para os estudantes amapaenses. “Vocês têm tanto a contribuir e, por vezes, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) não conhece sequer a linha de pesquisa que estão estudando. Quero a ajuda de vocês para planejarmos a educação pública do nosso Estado”,frisou Goreth.

A intenção é montar uma agenda permanente de diálogo e utilizar o conhecimento dos educadores em todo o processo de mudança, para que se tenham melhores resultados educacionais.

Para a professora Maria Fátima Ferreira, que atua no Centro de Educação Profissional de Santana Professora Maria Salomé Gomes Sares, o encontro permitiu a troca de conhecimentos entre os profissionais e mostra também interesse da Seed em aproveitá-los da melhor forma, além de apresentar o cenário antigo e atual da secretaria.

“Fico contente em estar aqui representando meus colegas do Centro Salomé. Há outros mestres e doutores na instituição, mas só eu pude vir para representá-los, senão teríamos que desmarcar muitas aulas. Esse encontro foi ótimo”, disse a professora Maria Fátima.

Desafios

No início, a Seed tinha uma dívida de quase meio bilhão de reais e estava com o salário de vários profissionais atrasados: serventes e merendeiras, vigilantes, transportadores escolares e professores (13º salário). O clima de insatisfação era imenso. “Na época, precisávamos urgentemente de uma boa gestão administrativa e financeira e de gestão de pessoas. Hoje, nossa dívida é mínima. Conseguimos regularizar várias pendências e fazer várias entregas à população”, discorreu Goreth.

Avanços

A secretária Goreth Sousa fez um panorama de tudo que foi aplicado para melhorar as escolas e a educação pública do Amapá. Mostrou ferramentas de controle como o cartão-escola, projetos educativos, leis que beneficiam os profissionais da educação.  Entre os números, estão os investimentos de R$ 12 milhões de reais em aparelhamento escolar, como em bebedouros, ar-condicionado, lousas, mobiliário, carteiras, cadeiras e refeitórios - esse investimento foi oito vezes maior do que em anos anteriores. Somente em pequenos reparos, foram aplicados em 2017 o valor de R$ 1.584.000,00. Em 2018 foram R$ 1.052.566,57.