Educação

Secretaria de Estado da Educação

Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Iniciativa premia práticas de educação empreendedora nas escolas

Por: Paula Monteiro - 26/03/2019 - 10:44

Foto: Erich Macias/Seed

As escolas que desenvolvem boas práticas de educação empreendedora podem participar do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora. A iniciativa reconhece e divulga as melhores práticas da educação empreendedora no Brasil. As inscrições são gratuitas e feitas pela internet, até o dia 26 de abril deste ano.

No Amapá, o prêmio foi lançado nesta segunda-feira, 25, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em Macapá. Podem participar reitores, diretores, coordenadores, professores, secretários municipais ou estatuais de educação e profissionais que atuam no ensino fundamental, médio, profissionalizante ou superior, individualmente ou em equipes realizando atividades para despertar, estimular ou desenvolver nos estudantes uma atitude empreendedora.

As ações devem ser apresentadas na forma de caso (relato), descrevendo as atividades realizadas e os resultados alcançados, que possam servir de exemplo e estímulo para outras instituições de ensino promoverem uma educação empreendedora.

As iniciativas premiadas serão divulgadas como práticas bem sucedidas para desenvolver, aperfeiçoar ou fomentar o comportamento empreendedor nos estudantes das instituições de ensino em que atuam.

Avaliação

Os casos serão avaliados por técnicos voluntários e serão considerados alguns critérios como: busca de oportunidades e iniciativa inovadora; persistência em colocar em prática a ideia; comprometimento da equipe; exigência de qualidade e eficiência; quais cuidados ou precauções foram tomados pela equipe; entre outros.

Etapas e premiação

O prêmio acontece nas etapas estadual, regional e nacional. Na estadual, são selecionados até quatro casos, um em cada categoria de ensino, tendo o total de 108 em todo o Brasil. Na premiação será entregue certificado e/ou troféu de reconhecimento. Os primeiros colocados de cada categoria serão premiados com um tablete.

Na regional, são selecionados 60 casos, 15 em cada categoria de ensino. Na premiação será entregue certificado de reconhecimento. Os representantes dos casos serão convidados para a cerimônia de reconhecimento, em Brasília (DF).

Na etapa nacional, os 60 casos serão automaticamente classificados para a esta etapa, destes, 20 casos para avaliação. Nesta fase, além do troféu, os vencedores receberão a oportunidade de apresentar a prática educacional em evento de visibilidade, bem como, a participação em Missão Técnica Nacional, a serem definidos.