Educação

Secretaria de Estado da Educação

Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Seed reúne com parceiros do Programa Epaz para planejamento de ações para 2019

Por: Wellington Costa - 03/04/2019 - 08:20

Foto: Erich Macias/Seed

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) reuniu na tarde desta terça-feira, 2, com representantes de secretarias estaduais parceiras do Programa Educação para a Paz (Epaz), desenvolvido pela Seed. O momento serviu para nivelar informações e planejar ações referentes ao programa para o ano letivo de 2019.

O Epaz foi criado em 2017 com o propósito de reunir uma rede articulada de instituições públicas e privadas para disseminar a cultura de paz nas escolas e, dessa forma, contribuir para prevenir a violência e melhorar os índices educacionais.

O portfólio do programa Epaz conta com 22 parceiros que, junto com a Secretaria de Educação, levam diversas ações às escolas da rede estadual. Durante o encontro, surgiu a proposta de criação da ‘Caravana Epaz’, percorrendo escolas da capital e, principalmente, do interior do Amapá.

“Através da Caravana Epaz, Seed e parceiros levariam suas ações e outras iniciativas para escolas distantes da capital, reforçando, assim, os ideais do programa e atendendo um número maior de estudantes e professores”, sugeriu Luzete Góes, da equipe do programa.

Outra deliberação do encontro foi o mapeamento das escolas que foram atendidas em 2018 pelo programa e que já contam com resultados expressivos na redução de casos de violência escolar.

“Esse mapeamento vai fazer com que nossas atividades não sejam levadas repetidamente a escolas sem que haja, de fato, a necessidade. Além de possibilitar que outros estabelecimentos de ensino sejam contemplados”, reforçou Renan Santos, chefe de gabinete da Secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv).

“Esse momento é muito importante para que Seed e parceiros possam, sobretudo, ajustar seus planejamentos referentes ao programa Educação para a Paz. Com um planejamento alinhado, coerente e estratégico, nossas ações terão mais efetividade com nossos estudantes”, destacou a secretária de Educação em exercício, Terezinha Monteiro.

O programa Epaz é acompanhado pelo Sistema de Monitoramento Educapaz. A ferramenta online permite monitorar a violência nas escolas estaduais de Macapá e Santana. Com os dados, é possível fazer um panorama dos principais conflitos e levar projetos que disseminem a cultura da paz no ambiente escolar, a partir de estatísticas.

O chefe de gabinete da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), José Mont’Alverne, destacou a importância dos programas Alôzinho e Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), desenvolvidos pelo Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes) e Polícia Militar, respectivamente, nas escolas em parceria com o Epaz.

“Esses programas têm grande impacto nos estudantes. Com o Alôzinho buscamos reduzir a incidência de trotes telefônicos ao Ciodes; já com o Programa de Resistência às Drogas, agimos preventivamente para que essas crianças e jovens não caiam no mundo das drogas”, pontuo o gestor.

Estiveram presentes nas discussões representantes da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), Sejusp, Sejuv, Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims), Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel), Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (Setec), Secretaria de Estado da Cultura (Secult), Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo (Sete) e Secretaria Extraordinária de Políticas para Mulheres (SEPM).