sexta, 01 de novembro de 2019 - 10:59h
Mais de 5 mil candidatos ao Enem assistem a ‘Aulão no Meio do Mundo’
Aulão às vésperas do exame é parte do projeto Central do Enem, da Secretaria de Estado da Educação. Alunos lotaram as arquibancadas.
Por: Henrique Borges
Foto: Maksuel Martins/Secom
Arquibancadas do Zerão ficaram lotadas com estudantes

“Eu quero, eu posso, eu consigo!”. Com esse grito de guerra, mais de 5 mil estudantes que vão fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) assistiram, nesta quinta-feira, 31, ao primeiro ‘Aulão no Meio do Mundo’, no Estádio Olímpico Milton de Souza Corrêa, o Zerão, em Macapá.

A Secretaria de Estado da Educação (Seed), através da Central do Enem, promoveu o evento de forma gratuita, que se repetirá no dia 7 de novembro, antes do segundo dia exame. Os temas abordados no primeiro aulão foram ciências humanas, linguagens e códigos e redação. No segundo dia, serão ciências da natureza e matemática.

Os estudantes foram convocados nas escolas e ficaram livres para convidar amigos interessados em prestigiar o evento. Os portões do estádio abriram às 14h e foram fechados às 16h, após todos os participantes lotarem a parte de cima e de baixo da arquibancada. Um lanche foi garantido pelo Núcleo de Alimentação Escolar. 

As estudantes Ildete Serrão, 18 anos, e Kely Viviane, 20 anos, ambas da Escola Estadual Professor Antônio Ferreira Lima Neto, chegaram cedo para garantir lugar na arquibancada.

“Estamos nos preparando e estamos muito confiantes para fazer as provas”, disse Ildete, que almeja fazer odontologia ou fisioterapia.

“O importante é fazer uma boa pontuação, e eu espero pegar boas dicas no aulão”, falou Kely, que pretende cursar medicina ou serviço social.

Na abertura da programação, a professora Keyla Vasconcelos, pedagoga e psicopedagoga, fez uma apresentação motivacional e demonstrou um exercício de respiração para os estudantes usarem no dia da prova. O método, segundo ela, acalma e ajuda o candidato a se conectar com o ritmo do corpo, evitando, assim, a ansiedade na hora do teste.

Para Alice Chagas, 17 anos, estudante da Escola do Novo Saber José Firmino do Nascimento, o momento foi gratificante.

“Poder aprender como controlar minha respiração foi muito importante. Tenho dificuldades com ansiedade, e, agora, vou utilizar essa técnica na hora da prova. É a segunda vez que participo da Central do Enem, e já aprimorei minha análise de texto e a análise de alternativas”, disse a jovem com deficiência visual, que vai lançar as notas do Enem para entrar no curso de história.

Adolescentes de outros municípios também foram convidados para o aulão. O município de Tartarugalzinho enviou cerca de 60 estudantes, com transporte garantido, assim como para os alunos de Mazagão.

De acordo com Fernanda Ribeiro, 18 anos, da Escola Estadual Alzira de Lima Santos, de Tartarugalzinho, a oportunidade foi única.

“É muito interessante poder participar de uma programação como esta, já que quase não temos esse tipo de oportunidade. Estou nervosa, mas, me sinto preparada para fazer o Enem. Quero cursar educação física ou enfermagem”, afirmou.

O primeiro dia foi um sucesso, com apresentações musicais, momento motivacional, homenagem aos professores e muitas dicas, seguindo até as 21h. Na próxima quinta-feira, 7, acontecerá o segundo dia do “Aulão no Meio do Mundo”, com os temas que caem no segundo dia de prova do Enem. A abertura dos portões será às 14h, no estádio Zerão.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

EDUCAçãO - Secretaria de Estado da Educação
Avenida FAB, 96 - Cep: 68900-073, Macapá/AP - (96) 3131-2200 - seed@seed.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá